Estou de Alma Lavada

chuva da janela Pictures, Images and Photos

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Adaga para os ciganos

(23/10 a 21/11) A adaga é entregue ao cigano quando ele sai da adolescência e ingressa na vida adulta. Por isso, é associada também à morte, ou seja, às mudanças necessárias que a vida nos oferece para crescermos. A pessoa sob esta influência tem um temperamento forte e enigmático, se torna irresistível e respeitada. Possui uma mente analítica, percebendo tudo o que está ao seu redor. Sempre procura se aprofundar no que está à sua volta, seja no amor ou no trabalho. Ama de maneira sensual e arrebatadora.

Optchá


Sou filha do vento
que passa sorrateiro
e delicadamente
atinge apenas
a bela folha seca
que cai,pois
já era tempo!
Porém,não esquente
sua natureza
porque o estrago
será grande e
poderá não haver
sobreviventes!!!

Jal Magalhães

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

A Grande Invocação

Do ponto de Luz
na mente de Deus,
Flua Luz
às mentes dos homens
Desça Luz à Terra.

Do ponto de Amor
no coração de Deus
Flua amor
ao coração dos homens
Volte Cristo à Terra.

Do centro
onde a vontade de Deus é conhecida
Guie o propósito as pequenas vontades dos homens,
Propósito que os mestres conhecem e servem.
Do centro
a que chamamos raça dos homens
Cumpra-se o plano de Amor e de Luz
E cerre-se a porta onde habita o mal.
Que a Luz, o Amor e o Poder
Restabeleçam o Plano de Deus na Terra.

ORAÇÃO DE FORÇA E MAGIA PARA A GRANDE MÃE

ORAÇÃO DE FORÇA E MAGIA PARA A GRANDE MÃE
(para ser pronunciada ao dormir e ao acordar)
Que eu tenha hoje e a cada dia,
A força dos Céus,
A luz do Sol
O resplendor do Fogo,
O brilho da Lua,
A presteza do Vento,
A profundidade do Mar,
A estabilidade da Terra,
A firmeza da Rocha.
Que assim seja!
E assim se faça!

desconheço autor

Comunidade " Artes e Toques"-Cáh Brasileiro

Acorde para vencer

Acorde para vencer
Quando o relógio despertar
agradeça a Deus pela oportunidade de acordar mais um dia
O bom humor é contagiante
Espalhe-o
Fale de coisas boas, de sonhos, de amor
Não se lamente
Comece a sorrir mais cedo
Não viva emoções mornas e vazias. Cultive o seu interior
Extraia o máximo das pequenas coisas
Seja transparente e deixe que as pessoas
saibam que você gosta e precisa delas
Repense os seus valores
Tudo o que tem que ser feito merece ser bem feito
Torne suas obrigações atraentes,
tenha garra e determinação
Não trabalhe só pela obrigação,
mas pela satisfação da missão cumprida
Transforme os seus movimentos em oportunidades
Ocupe seu tempo crescendo, desenvolvendo habilidades
Só assim não terá tempo de criticar os outros
Tenha fé, acredite. Você pode tudo que quiser!
Finalmente, ria das coisas à sua volta,
de seus problemas, de seus erros
Ria da vida. E ame, antes de tudo a você mesmo
A gente é capaz de ser feliz quando
é capaz de rir da gente mesmo!
(Gaefke)

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Dust in the wind

Poeira No Vento
Eu fecho meus olhos
apenas por um momento
E o momento se foi
Todos os meus sonhos
passa diante dos olhos uma curiosidade
Poeira no vento
Tudo que eles são é poeira no vento


A mesma velha música
Apenas uma gota de água
Em um mar interminável (infinito)
Tudo o que fazemos
destroçando(esmigalhando) ao solo [cai em pedaços]
Embora nós nos recusamos a ver
Poeira no vento
Todos nós somos é poeira ao vento, ohh


Agora, não "espere ai!" / não desperdice o minuto
Nada dura para sempre
Apenas o céu e a terra..
Isso vai embora
E todo o seu dinheiro
Não comprará outro minuto
Poeira no vento
Tudo que somos é poeira no vento
Poeira no vento
Tudo é poeira no vento
o vento

Dust in the wind na voz de Paula Fernandes

Teu Rastro - Vander Lee

Se o belo é belo não habitará jamais
Os corações, leões, cheios de medo
Se na verdade o oculto mostra mais e mais
Amor, vivo em silêncio meu degredo.

Se minha mão tateia no vazio de um quarto escuro
Desenha um barco a navegar nos mares do futuro
Enquanto a estrela tece a hora certa de acordar
Desejo mais que tudo te encontrar...
Subo o mastro
Procurando teu rastro
Busco teus sinais
Em que ilhas,
Em que plano brilhas

Como e onde estás
E onde vais...
Correntezas
Cheias de incertezas
Curvas, quedas, loucos ais
Onde vais
Bem aqui
Vive esperando por ti
A flor, o fruto, o cais.
Onde vais
Bem aqui
Vive esperando por ti
A flor, o fruto, o cais.
Onde vais

Vander Lee-Onde Deus Possa me ouvir-



Sabe o que eu queria agora, meu bem...?
Sair chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também
Que me oferecesse um colo ou um ombro
Onde eu desaguasse todo desengano
Mas a vida anda louca
As pessoas andam tristes
Meus amigos são amigos de ninguém.

Sabe o que eu mais quero agora, meu amor?
Morar no interior do meu interior
Pra entender porque se agridem
Se empurram pro abismo
Se debatem, se combatem sem saber

Meu amor...
Deixa eu chorar até cansar
Me leve pra qualquer lugar
Aonde Deus possa me ouvir
Minha dor...
Eu não consigo compreender
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui pode sair.

Adeus...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Campanha contra "câncer de mama".












"Encontrem uma cura antes  que cresçam os meus seios."

Este é  o e-mail sobre câncer de mama mais bonito que  recebi.

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Impermanência.

Reva. Leninha Cipriani  

Todos os fenômenos são Impermanentes, ou seja, eles mudam, nada permanece o mesmo. Eles interagem constantemente, se influenciando mutuamente todo o tempo, levando as mudanças, de momento a momento.
Sabemos que todos os seres nascem, adoecem, envelhecem e morrem. As estrelas nascem, mantêm-se e morrem. Pensamentos nascem, mantêm-se e morrem.
Tudo no mundo, no Universo, obedece a Lei da Impermanência, independentemente da vontade de quem quer que seja. A cada momento o mundo e seus componentes movimentam-se pelos três períodos do nascimento, envelhecimento e morte. Nada é permanente, nada é eterno. Tudo se transforma sem cessar e a tal ponto que, depois de longos períodos de tempo, nenhum dos aspectos anteriores permanece o mesmo, em nada, absolutamente nada, que exista no Universo.
É muito importante reconhecer a brevidade da vida e a Impermanência de todas as coisas, para nos sentirmos motivados a buscar ainda mais as verdades contidas nos Ensinamentos do Budismo.
A IMPERNANÊNCIA NÃO DEVE NOS AMEDRONTAR, MAS NOS INSPIRAR A VALORIZAR A NOSSA VIDA, O NOSSO PERÍODO DE EXISTÊNCIA NA TERRA.
Deduzimos assim que tudo que um dia se uniu vai ser separado. Portanto, devemos valorizar o AQUI E AGORA.
A maioria das pessoas reage instintivamente de forma negativa a Impermanência pensando apenas que com ela, o que é bom se transforma em ruim. Isso pode realmente acontecer em alguns casos, mas, da mesma forma, o ruim se transforma em bom.
A IMPERMANÊNCIA TORNA-SE DESSA FORMA UMA GRANDE FONTE DE ESPERANÇA, ensinando-nos que, por mais dura que seja a circunstância presente, chegará o dia em que lê mudará. Se nos preocuparmos em plantar boas semente, as mudanças que ocorrerão inevitavelmente serão para melhor, e não para pior.
A adequada compreensão do conceito de Impermanência pode ser de grande ajuda em situações difíceis. Se formos pobres e não estivermos satisfeitos com essa situação, a Impermanência ensina-nos que um dia poderemos ser ricos. Se passarmos por adversidades ou tragédias, a Impermanência ensina-nos que tudo um dia passará.
A Impermanência nos diz que NADA PERDURA E QUE AS MUDANÇAS SERÃO PARA MELHOR, CASO NOS ESFORCEMOS PARA MELHORAR AS NOSSAS CIRCUNSTÂNCIAS.
Outro resultado positivo é que aprendemos a valorizar aquilo que temos. Aprendemos a sermos gratos, por todos os momentos da vida e a utilizar o nosso tempo da forma mais produtiva possível.
Entendemos assim, que a Lei da Impermanência que governa todos os seres e todas as coisas, nos leva também ao Princípio da Impessoalidade, ou seja, da ausência de um elemento pessoal eterno, como comumente achamos que existe, e que origina o apego ao eu, acarretando toda uma gama de sofrimentos através das nossas vidas. Nós mudamos a cada instante: tanto a matéria do nosso corpo, como as nossas percepções, como as nossas composições mentais, como o nosso saber, a nossa memória, a nossa inteligência, nossos vícios, nossas virtudes, etc.
Entendemos, portanto, que tudo é impermanente e mutável, tendo tudo um começo e um fim. Nada de eterno pode existir. 

Todos os direitos reservados.--Grupo de Estudos Budistas Shurendo -

Impermanência-Adriana Calcanhoto