Estou de Alma Lavada

chuva da janela Pictures, Images and Photos

segunda-feira, 31 de maio de 2010

O Mare e Tu - Andrea Bocelli & Dulce Pontes

Nair e Neno...Eu trago no sangue o perfume das águas do mar de Portugal e ele o sabor das águas da Itália. E a mistura deu nesse amor louco e grandioso com frutos. Essa música é toda nós.Nairmc



O Mare E Tu
Andrea Bocelli & Dulce Pontes

Sentir em nós
Sentir em nós
Uma razão
Para não ficarmos sós
E nesse abraço forte
Sentir o mar,
Na nossa voz,
Chorar como quem sonha
Sempre navegar
Nas velas rubras deste amor
Ao longe a barca louca perde o norte.

Ammore mio
Si nun ce stess'o mare e tu
Nun ce stesse manch'io
Ammore mio
L'ammore esiste quanno nuje
Stamme vicino a Dio
Ammore

No teu olhar
Um espelho de água
A vida a navegar
Por entre o sonho e a mágoa
Sem um adeus sequer.
E mansamente,
Talvez no mar,
Eu feita espuma encontre o sol do teu olhar,
Voga ao de leve, meu amor
Ao longe a barca nua a todo o pano.

Ammore mio
Se nun ce stess'o mare e tu
Nun ce stesse manch'io
Ammore mio
L'amore esiste quanno nuje
Stamme vicino a Dio
Ammore
Ammore mio
Si nun ce stess'o mare e tu
Nun ce stesse manch'io
Ammo re mio
L'amore esiste quanno nuje
Stammo vicino a Dio
Ammore

domingo, 30 de maio de 2010

Jeito de mato

Almir Sater e Paula Fernandes


De onde é que vem esses olhos tão tristes?
Vem da campina onde o sol se deita
Do regalo de terra que teu dorso ajeita
E dorme serena, no sereno e sonha

De onde é que salta essa voz tão risonha?
Da chuva que teima, mas o céu rejeita
Do mato, do medo, da perda tristonha
Mas, que o sol resgata, arde e deleita

Há uma estrada de pedra que passa na fazenda
É teu destino, é tua senda onde nascem tuas canções
As tempestades do tempo que marcam tua história,
Fogo que queima na memória e acende os corações

Sim, dos teus pés na terra nascem flores
A tua voz macia aplaca as dores
E espalha cores vivas pelo ar...
Ah, ah, ah ...

Sim, dos teus olhos saem cachoeiras
Sete lagoas, mel e brincadeiras
Espumas, ondas, águas do teu mar...
Ah, ah, Elaia ...
Composição: Paula Fernandes/ Maurício Santini

Carta de um anjo


Carta de Seth - Cidade dos Anjos
Sou feito de sentimentos, emoções, de luz, de amor. Sou a voz que você ouve quando pede um conselho, sou quem te toma nos braços quando necessita, talvez, agora, enquanto lê essas palavras, eu esteja aí, ao seu lado, olhando dentro dos seus olhos como quem quisesse enxergar o que teu coração demonstra,mais tarde... à noite, quando você se deita... sou quem nina seus sonhos sentado ao seu lado esperando você dormir... dizendo que tudo vai ficar bem.
Se ao menos você pudesse me perceber, se notasse o que sinto ao seu lado... basta você querer, basta por alguns instantes esquecer seus problemas, fechar os olhos, como se nada mais existisse, me deixe chegar perto de ti... te abraçando... sinta meu coração batendo ao compasso do teu... sinta que não está sozinha, nunca esteve! Apenas esqueceste de olhar mais com os olhos do teu coração... então abra os olhos... veja os meus... me conheça.
Quem sou eu pra pedir para que me note? Apenas um anjo que se deixa levar por suas emoções, que desconhece o que é errado... se entrega, se rende... vagando por estrelas, nuvens, pelo céu escuro da noite... olhando pelos outros, despertando amores, anseios, paz nas almas que fraquejam, sentado ali de cima olhando você... te observando... deixando, às vezes, uma lágrima cair e se fazer uma gota de sereno que te toca os lábios... lágrima essa por não poder nada mais que apenas te ver... sentir sem poder tocar.
Manifestando através de pequenas coisas, como um sorriso sincero nos lábios de alguém que você não conhece, o toque de uma criança a te fazer carinho, palavras escritas nas páginas de um livro que te chamam atenção, palavras que mexem e emocionam o coração ditas do nada, como um sussurro em seu ouvido... e se um dia uma brisa leve e suave tocar seu rosto, não tenha medo, é apenas minha saudade que te beija em silêncio.
Os humanos têm um hábito muito peculiar de julgar seus semelhantes por sua aparência, de rotular pessoas as quais nunca viram... apenas pelo modo como ela se apresenta... porém, consigo ver dentro de cada um o que realmente são... e me assusto algumas vezes em como podem os humanos deixar-se levarem por embalagens, por invólucros... deixam de terem muitas vezes ao seu lado verdadeiros tesouros, amizade sincera, lealdade, companheirismo... simplesmente por não terem gostado do rosto do indivíduo. Imagine uma roseira cheia de espinhos, ninguém acreditaria que dela pudesse brotar uma rosa tão bela, sensível e delicada.
É do interior que nascem as flores. Pude conhecer seu interior... me deparei com uma flor linda... e com muitas qualidades. Se preserve assim... muitas vezes é melhor sermos o que realmente somos... a viver como as pessoas acham que deveríamos ser... Não existe ninguém melhor, ou pior que ninguém... apenas diferentes umas das outras e essas diferenças são que mostram quem realmente você é. Fico assim... dizendo as coisas que me aparecem dentro do peito, contando o que se passa em mim, como se estivesse desabafando... pois Deus nos fez para cuidar dos outros... e quem cuidará de nós?
Continuarei aqui... meio que escondido, ao teu lado, te olhando, te sentindo... esperando para que um dia você deixe seu coração "olhar" e me ver... daí, enfim, poderia eu mostrar o quanto você é especial pra mim. Um poema deixado no ar, palavras implorando para viver como uma estrela que o dia não vê e que espera a noite chegar para poder mostrar-se, a canção de amor que sai da sua boca... são as coisas que sempre sussurro ao seu coração, tento traduzir emoções que nunca senti antes, algo realmente novo pra mim, paz, atracção, paixão, amor, algo especial... sincero... verdadeiro.

sábado, 29 de maio de 2010

Hoje é sábado então é dia de se divertir !!!!!!

Vamos aprender a dançar LA BOMBA ?
rsrsrs




Ou... = Jamba - Dancing Monkey



Ou...=Jamba - Groove



Ou...=Crazy Dancing Moo Cow



Ou...=Chicken Little Dancing

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Súplica de uma árvore

Hoje cuidei dos meus vasinhos. Aqui em Sampa começou o frio então as plantinhas merecem carinhos redobrados.Depois pesquisando sobre os cuidados com as plantas esbarrei nessa maravilha de texto.O texto abaixo foi gravado numa placa sob uma árvore no Castelo de São Jorge, em Lisboa, Portugal.





Súplica de uma árvore







Tu que passas e contra mim levantas o teu braço,
Antes de fazer-me mal, olha-me bem.
Eu sou o calor do teu lar nas noites de inverno
Eu sou a sombra amiga que te protege contra o sol
Meus frutos saciam tua fome e acalmam tua sede
Eu sou a viga que suporta o teto de tua casa,
a tábua de tua mesa, a cama em que descansas.
Sou o cabo das tuas ferramentas, a porta da tua casa.
Quando nasces, tenho a madeira para teu berço;
quando morres, em forma de ataúde,
ainda te acompanho ao seio da terra.
Sou pão de bondade e flor de beleza.
Se me amas como mereço, defende-me contra os insensatos.



Parte interna do Castelo de São Jorge


terça-feira, 25 de maio de 2010

O silêncio do guerreiro


O Guerreiro da Luz sabe que, às vezes, precisa de um tempo pra si mesmo, pra cuidar de seus interesses.

Sabe que precisa de descanso e contato com a Alma do Mundo.

Então, mesmo no meio da batalha, ele consegue meditar.

E existem dezenas de maneiras de um Guerreiro meditar.

Ele usa seu corpo e sua alma, entra em harmonia com a vida, se entrega ao Universo, dança ao som das estrelas ou da música do combate.

O Guerreiro relaxa e deixa que tudo o que está acontecendo continue acontecendo.

Olha o mundo como um espectador, não tenta crescer nem diminuir como ser humano, apenas se entrega sem resistência ao movimento ao seu redor.

E tudo que parecia complicado se torna simples.

E o Guerreiro se alegra.

Essa é a lição que precisamos aprender com ele.

(Shefá ש פ ח )

domingo, 23 de maio de 2010

Recomeçar




Não importa onde você parou,
em que momento da vida você cansou,
o que importa é que sempre é possível
e necessário "Recomeçar".
Recomeçar é dar uma nova
chance a si mesmo.
É renovar as esperanças na vida
e o mais importante:
acreditar em você de novo.

Sofreu muito nesse período?
Foi aprendizado.

Chorou muito?
Foi limpeza da alma.

Ficou com raiva das pessoas?
Foi para perdoá-las um dia.

Sentiu-se só por diversas vezes?
É por que fechaste a porta até para os outros.

Acreditou que tudo estava perdido?
Era o início da tua melhora.

Pois é!
Agora é hora de iniciar,
de pensar na luz,
de encontrar prazer nas coisas simples de novo.

Que tal um novo emprego?
Uma nova profissão?
Um corte de cabelo arrojado, diferente?
Um novo curso,
ou aquele velho desejo de apender a pintar,
desenhar,
dominar o computador,
ou qualquer outra coisa?

Olha quanto desafio.
Quanta coisa nova nesse mundão
de meu Deus te esperando.

Tá se sentindo sozinho?
Besteira!
Tem tanta gente que você afastou
com o seu "período de isolamento",
tem tanta gente esperando apenas um
sorriso teu para "chegar" perto de você.

Quando nos trancamos na tristeza nem
nós mesmos nos suportamos.
Ficamos horríveis.
O mau humor vai comendo nosso fígado,
até a boca ficar amarga.

Recomeçar!
Hoje é um bom dia para começar
novos desafios.

Onde você quer chegar?
Ir alto.
Sonhe alto,
queira o melhor do melhor,
queira coisas boas para a vida.
pensamentos assim trazem para nós
aquilo que desejamos.

Se pensarmos pequeno,
coisas pequenas teremos.

Já se desejarmos fortemente o melhor
e principalmente lutarmos pelo melhor,
o melhor vai se instalar na nossa vida.

E é hoje o dia da Faxina Mental.

Joga fora tudo que te prende ao passado,
ao mundinho de coisas tristes,
fotos,
peças de roupa,
papel de bala,
ingressos de cinema,
bilhetes de viagens,
e toda aquela tranqueira que guardamos
quando nos julgamos apaixonados.
Jogue tudo fora.
Mas, principalmente,
esvazie seu coração.
Fique pronto para a vida,
para um novo amor.

Lembre-se somos apaixonáveis,
somos sempre capazes de amar
muitas e muitas vezes.
Afinal de contas,
nós somos o "Amor".

Paulo Roberto Gaefke

quinta-feira, 20 de maio de 2010

Pensar em Você
















Pensar em Você
É só pensar em você
Que muda o dia
Minha alegria dá pra ver
Não dá pra esconder
Nem quero pensar se é certo querer
O que vou lhe dizer
Um beijo seu
E eu vou só pensar em você
Se a chuva cai e o sol não sai













Penso em você
Vontade de viver mais
Em paz com o mundo e comigo
Se a chuva cai e o sol não sai
Penso em você
Vontade de viver mais
Em paz com o mundo e consigo
(Chico César)



domingo, 16 de maio de 2010

Dois corações
















De que é feito o amor?
Dizem que o amor é pai
O que o amor me deu
Ninguém vai me tirar
O meu amor só crê
Nas visões que o amor me dá
Se uniu dois corações
Não vai mais separar
Uniu dois mundos em vidas tão separadas
Juntou caminhos, mas separou as estradas
Cadê o amor, cadê?
Sinto que ele vai chegar
Posso morrer de amor
Ou por amor calar
O meu amor só crê
Nas visões que o amor me dá
Se uniu dois corações
Não vai mais separar

[Dois corações(Nana Caymmi)]

Nana Caymmi - Resposta ao Tempo

sábado, 15 de maio de 2010

Receitinhas fáceis para um sábado tranquilo.

Que gostoso passar um sábado em casa.Dá pra arrumar aquelas coisinhas pessoais, fazer um pouquinho de crochê,terminar de ler aquele livro,tirar uma sonequinha, cuidar dos vasinhos e preparar um lanche simples p/ noite.
Pode ser um bauru de forno, um chá e um bolo caseiro( aquele da receita da família,nhac.)ou ainda um café quentinho com broinhas.


Bauru de Forno
1 pão de forma sem casca
2 colheres (sopa) de margarina
Rodelas de tomate temperado com azeite sal e orégano
50 gramas de queijo ralado
Presunto em fatias
mussarela em fatias
2 ovos inteiros
1 copo de leite

Bater no liquidificador o leite, o queijo ralado, os ovos e a margarina. Untar um pirex com margarina, colocar uma camada de pão de forma, a metade dos ingredientes batido no liquidificador, fatias de presunto, fatias de mussarela, fatias de tomate temperado outra camada de pão de forma e restante da mistura do liquidificador, polvilhar queijo ralado e levar ao forno para assar. (receitasbomapetite.blogspot.com)















Bolo de laranja

Ingredientes
■2 colher(es) de chá de fermento em pó
■1 xícara(s) de chá de óleo
■2 xícara(s) de chá de açúcar
■2 xícara(s) de chá de farinha de trigo
■2 ovo(s)
■2 laranja(s)
Calda
■1 colher(es) de sopa de açúcar
■2 laranja(s)
Modo de Preparo
Iniciar o preparo
1. pré-aquecer o forno 10 minutos antes de levar para assar.
2. untar e enfarinhar uma forma média redonda com furo no meio. reservar.
3. retirar toda a parte branca e os caroços de 2 laranja(s) e picar, colocar no liquidificador com 2 ovo(s) e 1 xícara(s) de chá de óleo, bater por uns 5 minutos.
4. em uma tigela grande colocar 2 xícara(s) de chá de farinha de trigo, 2 xícara(s) de chá de açúcar e 2 colher(es) de chá de fermento em pó juntar a mistura do liquidificador, mexer com uma colher de pau ou um batedor.
5. despejar o bolo na forma untada e levar ao forno para assar 25 minutos aproximadamente.
Calda
6. fazer uma calda com o suco de 2 laranja(s) levar ao fogo com 1 colher(es) de sopa de açúcar por 5 minutos e em seguida jogar em cima do bolo ainda quente.






Broinha de Fubá de Canjica


Ingredientes:
5 ovos
4 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de óleo
Sal a gosto
200 g de fubá de canjica bem fino
Preparo:
Modo de Preparo
Bata os ingredientes no liquidificador, menos o fubá. Despeje a mistura numa tigela e adicione o fubá aos poucos, mexendo bem até formar uma massa lisa, mas mole. Deixe descansar por 30 minutos.
Misture novamente com uma colher grande. Em uma assadeira polvilhada com fubá (sem untar), distribua pequenos bocados da massa com o auxílio de duas colheres (chá) para dar forma. Leve ao forno pré-aquecido a 180º C por 20 minutos.
Tempo de preparo: 1h10min
Rendimento: 20 broas de tamanho médio
Dica: Para dar forma às broinhas, pode-se substituir as colheres de chá por um saco de confeiteiro. As broas podem ser qualquer tamanho. Quanto maiores, maior o tempo de forno.
Livro Cozinha Regional Brasileira (MG)

quarta-feira, 12 de maio de 2010

QUE É A MORTE SENÃO UMA PASSAGEM?




QUE É A MORTE SENÃO UMA PASSAGEM?




Que é a morte senão uma passagem?
Da quase vida para a VIDA EM SI,
Onde o que sobra da vida daqui
É a Pura Essência! Do SER Maior, imagem.

Por que não dizer, da morte, uma viagem?
E viver a vida tal qual o ben-te-vi,
Sem pensar nela. E assim, de per-si,
Cada um terá mais leve sua bagagem.

A VIDA EM SI, é tão somente a ESSÊNCIA,
O SER Maior, o TAO, a OMNIPOTÊNCIA,
Pra onde, um dia, o Ser retornará.

A morte em si, é algo inexistente
Cuja imagem foi posta em nossa mente
Como se viva. Mas, morta já está.

Rosa Regis















(Rosa Ramos do Cordel
Publicado no Recanto das Letras em 18/01/2009
Código do texto: T1392179)